Newsletter

* This field is required
* Invalid email address

Salada prensada de couve-chinesa

Uma das minhas formas preferidas de comer vegetais é após fermentação. Não apenas por motivos de sabor mas principalmente pelos benefícios probióticos que nos podem trazer. Não é fácil encontrar à venda produtos de qualidade que não sejam pasteurizados e, como é hábito, o melhor é arregaçar as mangas e fazê-los nós próprios. Mas não é da fermentação que vos venho falar, mas de um método culinário “intermédio” que produz saladas muito saborosas.

A sauerkraut é provavelmente o exemplo mais conhecido de vegetal fermentado, neste caso couve branca ou lombardo. Um dos passos para fazer sauerkraut é a prensagem da couve cortada muito fina, de forma a extrair os sucos com a ajuda do sal. Mas na cozinha Macrobiótica, e julgo que Oriental, a prensagem de vegetais é por si só um método de convenção de vegetais que eu gosto bastante.

Para prensar vegetais não é preciso grande ciência… qualquer peso por cima serve. Mas existem utensílios que facilitam as coisas, a vegetable press. Devo dizer que não é fácil encontrar à venda mas adquiri uma recentemente (a da imagem acima) na única loja em que faria compras de olhos fechados, a Nutrisabores. Este pequeno espaço de nutrição em Aveiro tem uma selecção criteriosa de produtos alimentares e cosméticos que me dispensam de olhar sequer para os rótulos. Se está lá, sei que é de qualidade e sem aditivos químicos. Então para quem utiliza cosmética natural é um autêntico oásis no deserto. Contactos e localização aqui.

Publicado em 18 Setembro, 2014 em Receitas

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top